terça-feira, 5 de janeiro de 2016

AUSÊNCIA PRESENTE

Eu sou o estado presente,
nada mais é..
todo o resto é presenciado
todo o universo existe diante dessa presença
todo manifesto é exposto a essa presença

eu sou o espaço consciente
onde tudo acontece
nada poderia acontecer se não
fosse em frente a essa presença

nada existe sem algo que o presencie
tudo que é visto só é visto nesta 
presença consciente no acontecimento
eu sou a consciência presente
em tudo que se manifesta
no manifesto tudo pode acontecer
tudo que acontece precisa acabar
pois tem um começo
não sou eu quem vive
nem há alguém quem viva
não há ninguém vivendo
tudo é visto na presença consciente
sem ser o acontecimento vivido.

o corpo vem e vai
a mente vem e vai
nada fica,. Tudo passa pela minha presença
não há nada a fazer não há nada para evoluir
não há nada a realizar,
tudo que se manifesta
não sou eu
sou aquilo que não se manifesta
a presença que nunca se ausenta
mas que nunca aparece
tudo que aparece desaparece diante do meu estado de presença
não tenho corpo, nem forma, nem alteração, nem movimento
só um estado de pura consciência, diante da cada acontecimento,
todo acontecimento pode vir, ficar e partir
todo pensamento pode vir, ficar e partir
e tudo é assim, menos a presença diante disso

sou a presença que não se presencia
o observador que não é observável
inabalável, invisível, inalterável, imutável,intocável...
não sou as ideias ilusórias de um ser que é alguém
me enamorei com as formas e brinco
no tempo e no espaço
na profundidade, tridimensionalidade, mensuralidade
pensando ser alguém que é ninguém.

de mim nada pode ser dito
nem mesmo assimilado,
nem mesmo localizado,
antes, tudo se localiza em mim
antes, tudo vem a mim
diante da minha presença
eu percebo tudo
experimento a vida, a morte
sem nunca ter nascido,
vivido ou morrido,


Marcos tavares