terça-feira, 24 de fevereiro de 2015

BASEADO

Quando eu nasci
um anjo torto,
com a maior
cara de nojo
olhou pra mim
a contragosto,
acendeu um baseado
na maior cara de desgosto
e disse em arrotos:
-O bicho vai pegar pro seu lado.
Deste dia em diante
fui temente a ele.

Quando eu cresci,
o mesmo anjo
parecendo ainda mais torto
com a maior cara de agosto,
me encontrou mal pelos esgotos
acendeu outro baseado
e com a maior cara de pau,
riu sem me olhar no rosto,
e disse com a voz de morto
-Eu te falei que o bicho era louco.
Desde então...
tenho sido como ele.

  
Marcos tavares

idéia original:  Carlos Drummond de Andrade.


Com todo respeito a todas as religiões e todos os credos, nenhuma heresia esta implícita neste texto, isso é apenas poesia... Se você se sentir ofendido com estas palavras, desculpe, não é nossa intenção atacar sua crença. Aqui nós damos liberdade a toda forma de manifestação literária e não somos partidários a nenhum sistema específico. Não estamos levantando bandeira de nenhum aprisionamento humano, temos simpatia pela liberdade de escolha.