segunda-feira, 16 de março de 2015

ILUSÃO

O olho que você me olha
não é o que você me vê
tudo que você vê
é o que esta dentro de você
...é o que você crê que vê.

A arma que você me aponta
não é a arma que me ameaça
é a arma que você crê
que mata o que existe em você.

A fome que você sente
não é da comida que te falta
não é a fome que te mata
o que te mata é não saber
o que pode saciar você.  


Marcos tavares